Teleconsultoria Médica

Saiba mais sobre a orquiectomia


Andrologia_Saiba_mais_sobre_a_orquiectomia1

A saúde do homem ainda é um assunto delicado e desconhecido para muita gente, então quando se fala em orquiectomia muitas pessoas ficam confusas sobre o que isso significa. Sendo um tipo de cirurgia masculina, esse tratamento pode ser a solução mais efetiva para homens que experimentam alguns tipos de câncer, como o de próstata ou o de testículo. Para tirar suas dúvidas, continue lendo e saiba mais sobre esse procedimento.

O que é a orquiectomia?

Orquiectomia é a cirurgia de retirada completa dos testículos, que são os maiores produtores de testosterona do corpo masculino. O principal objetivo dessa retirada é frear a produção de testosterona que, por algum motivo, está causando problemas ao organismo. Por isso, apesar de ser uma cirurgia esse procedimento também é considerado uma forma de hormonoterapia.

Em alguns casos, essa cirurgia também pode ser feita caso o haja um câncer na região, por exemplo. Em tumores testiculares mais avançados e localizados, normalmente a recomendação é de orquiectomia com o objetivo de eliminar as células cancerosas do organismo.

Como a orquiectomia é realizada?

Embora o nome possa parecer assustador, a orquiectomia é um procedimento bem simples e que tem grande taxa de sucesso. Atualmente, ela é feita mediante uma pequena incisão na virilha por onde o testículo é cuidadosamente puxado.

No caso de haver células de câncer, o testículo precisa ser retirado com muito cuidado já que apertá-lo pode significar espalhar células cancerosas pelo corpo, o que poderia causar até mesmo uma metástase.

Se for necessário, à orquiectomia segue-se um tratamento complementar, como a radioterapia para eliminar de vez todas as células com câncer do organismo.

Qual a relação entre orquiectomia e a saúde do homem?

Embora seja desconhecida para muitos, a orquiectomia é um procedimento importante para a saúde do homem. Embora não seja, nem de longe, uma situação desejável, a verdade é que muitas vezes essa cirurgia pode fazer a diferença entre ter saúde e qualidade de vida ou sofrer com os efeitos do avanço de um tumor.

Além disso, a atuação como hormonoterapia é importante no caso de câncer de próstata. Caso o homem descubra que possui câncer de próstata, essa cri rugia pode ser uma possibilidade ainda que não haja qualquer tumor na região.

Isso se deve basicamente ao fato de que os tumores localizados na próstata são dependentes de hormônio. Quanto mais o corpo produz testosterona, mais o tumor cresce e se desenvolve. Por isso, em alguns casos essa cirurgia é indicada como uma forma de suprimir a produção de hormônio e, assim, frear o desenvolvimento do câncer de próstata.

É importante saber, entretanto, que essa cirurgia também tem alguns efeitos negativos devido à diminuição de hormônio no corpo. Em geral, os principais efeitos colaterais incluem diminuição do desejo sexual, ganho de peso, aumento das mamas e possivelmente disfunção erétil. Além disso, não é um procedimento reversível, o que pode afetar a qualidade de vida, principalmente a sexual, do homem.

A orquiectomia consiste na retirada de testículos devido a um tumor localizado ou como forma de hormonoterapia, especialmente em relação ao câncer de próstata. Muitas vezes, essa cirurgia é a única saída para manter a saúde, mas é importante saber que ela pode causar efeitos colaterais na saúde do homem, como problemas no desempenho sexual e também aumento de peso e das mamas. Por isso, é sempre importante consultar um médico atuante na área de andrologia para definir qual a melhor atuação em cada caso.

Ainda tem alguma dúvida sobre a orquiectomia? Não deixe de comentar e participar.

 

Teleconsultoria Médica