Teleconsultoria Médica

Quais as causas mais comuns da disfunção erétil?


A disfunção erétil, também conhecida como impotência sexual, é um problema de origem multi fatorial. Ele pode ser originado por causas físicas ou psicológicas que levam os homens a sofrerem com a incapacidade de iniciar ou manter uma ereção que possibilite a penetração durante o ato sexual, o que impede a plena satisfação do casal.

Infelizmente, muitos homens apresentam a disfunção erétil (cerca de 150 milhões no mundo todo) e têm que conviver com sintomas e consequências físicas  da impotência, como por exemplo, a redução do tamanho do pênis, diminuição da rigidez peniana, diminuição dos pelos corporais, ausência ou atrofia testicular, pênis deformado, doenças vasculares e distúrbios do sistema nervoso.

Embora muitas pessoas pensem que a impotência está relacionada ao envelhecimento, os causadores da impotência não têm a ver com a idade. Continue lendo o nosso artigo e descubra o que realmente causa a disfunção erétil!

Diabetes: grande fator de risco para a disfunção erétil

A diabetes é uma das principais causadoras da disfunção erétil e os homens diabéticos possuem mais chances de desenvolver a impotência sexual antes de homens que não sofrem com diabetes. A probabilidade é até quatro vezes maior! Isso acontece porque a diabetes impacta diretamente no fluxo sanguíneo e o fluxo sanguíneo, por sua vez, é essencial na manutenção de uma vida sexual satisfatória e saudável.

As doenças do coração e o colesterol alto também podem causar a disfunção erétil

Dentre as causas da disfunção erétil também estão as doenças cardiovasculares e o colesterol alto. Esses problemas de saúde alteram o fluxo do sangue na área peniana, induzindo o homem à disfunção erétil. Vale destacar que, de acordo com estudos recentes, ficou comprovado que os homens que possuem problemas de coração são duas vezes mais propensos ao desenvolvimento de impotência sexual do que os homens sem problemas cardiovasculares.

A alta pressão sanguínea contribui para  surgimento da disfunção erétil

A alta pressão sanguínea também pode causar o estreitamento ou enrijecimento dos vasos sanguíneos, o que acaba restringindo o fluxo do sangue no pênis e levando o homem à temida disfunção erétil. Para completar, muitos medicamentos utilizados no tratamento de pressão alta também contribuem no desenvolvimento da disfunção erétil.

Problemas psicológicos também desencadeiam a disfunção erétil

E quem pensa que a disfunção erétil está ligada apenas a problemas físicos, está muito enganado! A depressão, ansiedade, estresse, cansaço e medo do fracasso são fatores que interferem na autoestima e autoconfiança masculina, o que também provoca a disfunção erétil. Também pode ocorrer o inverso: a impotência sexual causada por motivos físicos acaba tornando os homens mais ansiosos, inseguros e deprimidos.

A cirurgia de próstata pode danificar a estrutura peniana e contribuir para o surgimento da disfunção erétil

Embora não seja uma regra, a cirurgia de remoção radical da próstata por conta de câncer pode causar a disfunção erétil. Isso ocorre porque a operação pode provocar danos sérios nos nervos e nas artérias ficam  perto da próstata, interferindo assim no funcionamento do pênis.

Uso contínuo de alguns medicamentos podem provocar disfunção erétil

Uso continuado de determinados medicamentos para tratar pressão arterial, depressão, alergias, ansiedade, úlceras e transtornos alimentares podem provocar a disfunção erétil. Daí a importância de evitar a automedicação e sempre recorrer a um bom médico para prescrever medicamentos eficientes e que causem os mínimos efeitos colaterais possíveis.

Hábitos prejudiciais podem acarretar a disfunção erétil

Quem diria que levar uma vida desregrada também poderia interferir na saúde sexual? Mas interfere. Fumar danifica as artérias e danifica o fluxo sanguíneo, atrapalhando diretamente na ereção, enquanto beber muito também afeta o desempenho sexual e leva o homem à impotência.

São muitas as razões que podem causar a disfunção erétil, mas é importante que você saiba que, independentemente das causas, a impotência sexual tem tratamento. Se você sofre com esse problema, não hesite em procurar um bom centro de andrologia. Quanto antes o problema for identificado e tratado, melhor!

E aí, gostou do nosso artigo? Ele te ajudou a esclarecer as suas dúvidas sobre as causas da disfunção erétil? Comente!

Teleconsultoria Médica