Teleconsultoria Médica

Como e porque largar o machismo depois dos 40


Andrologia-Como-e-porque-largar-o-machismo-depois-dos-40

Com o poder do universo feminino cada vez mais em alta, não existe nada mais antiquado e inapropriado para qualquer homem do que sustentar atitudes machistas. Hoje em dia nem mesmo a idade avançada serve como argumento para perdoar aqueles que ainda preferem tratar a mulher como um ser inferior ao sexo masculino.

Se você ainda se pega tendo atitudes machistas, que tal conferir esse artigo sobre como e porque largar o machismo mesmo depois dos 40 anos?

O machismo está fora de moda

Como afirmamos anteriormente, o machismo é uma atitude que está completamente fora de moda. Hoje as mulheres lutam por direitos iguais não somente porque querem ganhar mais no mercado de trabalho ou porque querem usar a roupa que gostam ao ir para uma festa, mas sim porque não existe motivo para diferenciar um homem em uma mulher em qualquer situação.

Optar por largar o machismo é, portanto, saber acompanhar as tendências e o avanço da sociedade com relação à justiça e a igualdade de diretos.

As mulheres tem se importado mais com seu papel na sociedade

Por muito tempo as mulheres tiveram seu papel na sociedade reduzido ao de meras reprodutoras e responsáveis por criar a prole de um casal. Sabemos hoje que a mulher, assim como o homem, tem papeis importantes na sociedade e que vão muito além da dificílima e insubstituível tarefa de ser mãe. Mulheres hoje são chefes de grandes empresas, líderes de movimentos sociais, policiais, bombeiros e muitos outros cargos sociais que, por muito tempo, ficaram nas mãos dos homens.

Respeitar e reconhecer a importância da presença delas em todas as esferas sociais também é um motivo mais do que essencial para largar o machismo.

Ser machista não significa ser superior, assim como defender a mulher não significa fraqueza

Muitos homens afirmam que não gostariam de largar o machismo porque isso pode significar um sinal de fraqueza ou “feminismo”. Essas pessoas, além de não compreenderem o real significado do termo feminismo, também não compreendem que ser machista não significa proteger o sexo masculino, mas sim oprimir e ignorar a real importância do sexo feminino na sociedade.

Devemos tirar da nossa mente que existe o discurso do sexo superior, afinal ser capaz de reconhecer e defender a maior presença da mulher em todos os locais que o homem está jamais deve ser vista como uma atitude de fraqueza.

O machismo pode prejudicar até mesmo sua vida sexual

Ser machista não vai lhe ajudar a conquistar mais mulheres – ou optar por aquelas que você julga ser “corretas” ou “de família”. Não largar o machismo no momento de se relacionar com suas parceiras pode ser um motivo para prejudicar até mesmo a sua vida sexual. Acredite, aos 40 anos as mulheres já sabem muito bem o que procuram em um companheiro e podemos lhe garantir que atitudes machistas não vão lhe ajudar a se dar bem com elas.

Largar o machismo é também respeitar as mulheres da sua vida

Você tem uma esposa, mãe, filha, primas ou tias? Se sim, saiba que largar o machismo é também uma maneira de aumentar o respeito que tem por elas. Tomar essa atitude é ajudar a incentivar que elas consigam os melhores empregos, que possam estudar o que querem estudar, que podem querer não ser mães por imposição da sociedade, dentre outros direitos que todas as mulheres lutam regularmente para conquistar.

Esse artigo lhe ajudou a convencer que é chegada a hora de largar o machismo? Compartilhe com a gente a sua opinião sobre o assunto!

 

Teleconsultoria Médica