Teleconsultoria Médica

Novembro azul: tudo o que você precisa saber sobre o câncer de próstata


O câncer de próstata é uma das principais doenças que atingem exclusivamente os homens. É bastante comum e temida, podendo ser fatal para seu portador. Devido à frequência com que ocorre, constantemente são realizadas campanhas para esclarecer a população sobre a importância de se tomar medidas preventivas e sanativas que visam reduzir o aparecimento e o desenvolvimento da doença, bem como o número de casos fatais pelos quais ela é responsável.

Nesse artigo, que faz parte do nosso especial sobre o Novembro Azul, você vai aprender tudo que precisa saber sobre o câncer de próstata. Que tal conferir?

Características da próstata

Como o nome diz, o câncer de próstata atinge a próstata, uma glândula do sistema reprodutor masculino que envolve a uretra (o canal que liga a bexiga ao orifício externo do pênis) e participa da produção do sêmen. A próstata está situada entre a bexiga e o reto.

Sintomas do câncer de próstata

Em sua fase inicial, o câncer de próstata não apresenta sintomas. Os sintomas só aparecem quando o câncer já se desenvolveu bastante, apresentando tamanho considerável. Cuidado com os sintomas a seguir, que podem significar a presença do câncer:

  • Dor, queimação ou sangramento pela uretra;
  • Jato urinário fraco;
  • Sensação de que não urinou tudo;
  • Necessidade frequente de urinar, principalmente à noite;
  • Dores lombares, na bacia ou joelhos;
  • Problemas de ereção.

Que tipo de homem é suscetível à doença

Em geral, a doença é diagnosticada em homens com idade superior a 50 anos. Menos de 10% dos casos envolvem algum componente hereditário. De qualquer modo, a presença de câncer de próstata em dois parentes de primeiro grau aumenta em seis vezes o risco da doença.

Quanto mais jovem for o homem atingido pela doença, maiores serão as probabilidades de que haja algum componente hereditário. Alguns estudos comprovaram que o consumo exagerado de carne vermelha e gorduras aumenta o risco de desenvolver o câncer.

Diagnóstico do câncer de próstata

Em homens acima de 50 anos, pode-se realizar o exame de toque retal e dosagem de uma proteína do sangue (PSA), por meio de exame de sangue, para detectar a presença de câncer de próstata sem sintomas. O toque e a dosagem de PSA não dizem se o paciente tem câncer, apenas sugerem a necessidade ou não de fazer outros exames. O toque retal é mais sensível em homens que apresentam algum tipo de sintoma.

O aumento de PSA é um bom indicativo, pois a tendência é que ele aumente com a idade (75% a 80% dos homens com aumento de PSA não têm câncer de próstata; por outro lado, aproximadamente 20% dos homens com câncer de próstata sintomático apresentam PSA normal). A ultrassonografia também é eficiente. O ideal é que se realizem os diferentes tipos de exames.

Formas de prevenção e tratamento

Principalmente a partir dos 40 anos, o homem deve consultar um médico e submeter-se a uma rotina de exames preventivos. Recomenda-se ainda a ingestão frequente de frutas e verduras, bem como a prática de exercícios físicos como forma de prevenção. O tratamento padrão é a prostatectomia radical, que é a retirada da próstata e, portanto, do câncer.

Previna-se! Cuide-se! Consulte o médico! A melhor forma de tratamento ainda é a prevenção! Como anda sua saúde? Já fez algum dos exames citados? Faça seu comentário baixo!

 

Teleconsultoria Médica