Teleconsultoria Médica

Câncer de próstata causa impotência sexual?


O câncer de próstata é o segundo tipo de câncer mais recorrente nos homens, ficando atrás apenas do câncer de pele. Só para se ter ideia, a cada sete minutos, um novo paciente é diagnosticado com esse problema grave, porém plenamente passível de tratamento. Quando o diagnóstico é precoce, as chances de cura são enormes e chegam a 90%, mas, querendo ou não, o câncer de próstata pode deixar sequelas.

Vale ressaltar que o câncer de próstata gera impactos negativos na saúde e qualidade de vida dos indivíduos acometidos por ele. A autoestima sofre, pode haver quadros de incontinência urinária, além de problemas na vida sexual. Geralmente esse câncer é associado à impotência, mas será realmente que todo homem que tem câncer de próstata fica impotente? Continue lendo o nosso artigo e descubra se esse tipo de câncer causa a temida disfunção erétil. Vem com a gente!

Qual é a relação entre câncer de próstata e impotência sexual?

Nem todo paciente com câncer de próstata sofre com impotência sexual, mas a possibilidade realmente existe, especialmente após a prostatectomia, tratamento convencional da doença. Ainda assim, quando o diagnóstico é rápido e a cirurgia é bem sucedida, as chances de ter uma vida sexual plena são grandes e os riscos de disfunção erétil são mínimos.

A Prostatectomia é um fator que causa disfunção erétil?

Sim! Os pacientes que se submetem à protectomia radical, ou seja, que retiram totalmente a próstata, estão sujeitos aos riscos de impotência sexual. Mais do que isso! A cirurgia pode causar não apenas a disfunção erétil, como também, pode provocar mudanças significativas na ejaculação e orgasmo.

Que outros fatores associados aumentam o risco de impotência?

A incidência de disfunção erétil em pessoas que têm ou tiveram câncer de próstata depende também de outros fatores, incluindo a condição erétil antes da retirada da próstata, o estágio do tumor, a técnica cirúrgica utilizada e a idade do paciente. Normalmente, não há prejuízos em relação à ereção em homens mais jovens. A impotência acontece normalmente em pessoas acima dos 65.

Além da idade, fatores como hipertensão, colesterol alto, problemas cardíacos, arterosclerose, tabagismo e quadros anteriores de disfunção erétil aumentam as possibilidades dos homens com câncer de próstata sofrerem com a impotência sexual.

A reversão da impotência é reversível?

Em muitos casos, a condição de impotência sexual é transitória, mas o tempo de retorno da função erétil é variável e não costuma ser rápida como a volta do controle do processo mictório, por exemplo. Boa parte dos homens demora até 18 meses depois da cirurgia de retirada da próstata para ter a ereção natural novamente.

Caso a ereção natural não ocorra, existem tratamentos alternativos, como o tratamento clínico com medicamentos orais, autoaplicações e, em quadros de impotência mais severa, o implante peniano.

E aí, você gostou do nosso artigo? As informações compartilhadas aqui foram úteis para você? Ainda tem alguma dúvida sobre a relação entre o câncer de próstata e a impotência sexual? Comente! Até a próxima e continue acompanhando as novidades do nosso blog!

 

Teleconsultoria Médica