4 razões para não temer o médico urologista

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Andrologia 4 razões para não temer o médico urologista

Médico urologista. Essas duas palavrinhas são suficientes para causar calafrios em qualquer homem que se diz bem resolvido com sua saúde física e sexual. Mesmo que esse profissional seja capacitado para oferecer saúde e qualidade de vida para qualquer indivíduo do sexo masculino, boa parte dos homens ainda teme marcar uma consulta com esse médico quando necessário.

Se você se enquadra nesse perfil de pessoas que temem o médico urologista, separamos abaixo alguns bons motivos para mudar de ideia e marcar sua consulta de rotina com esse profissional agora mesmo.

1. O médico urologista é o especialista em saúde masculina

Talvez a principal razão para você não temer um médico urologista seja entender que esse é o único profissional da área da saúde que é especialista em saúde masculina. Em outras palavras, esse é o profissional que estudou todos os detalhes, características, patologias e condições clínicas que afetam o indivíduo do sexo masculino, sendo capaz de auxiliá-lo a melhorar a qualidade de vida – seja ela sexual, emocional ou física.

Podemos dizer, portanto, que o urologista está para o homem, assim como o ginecologista está para a mulher. Quando você evita contar com esse importante suporte do urologista, pode estar correndo o risco de prejudicar a manutenção da sua saúde.

2. Somente esse profissional vai ajudar a evitar problemas sexuais

O urologista é responsável também por ajudar a evitar problemas de cunho sexual em seus pacientes – e isso não significa somente tratar disfunções eréteis. O urologista pode auxiliar o paciente em quadros de baixa libido, lesões ou traumas na região íntima e até mesmo identificar possíveis problemas emocionais que estão afetando a qualidade da saúde sexual do homem.

É claro que a grande maioria dos pacientes do sexo masculino temem essa “intimidade” com o médico urologista, por imaginar que essa procura por ajuda possa ser um sinal de fragilidade. Entretanto, é preciso ignorar esse tipo de pensamento e começar a valorizar mais a sua própria qualidade de vida.

3. Homens também podem ter alterações hormonais que prejudicam sua saúde

Você provavelmente já ouviu falar da menopausa para a mulher, certo? Essa fase da vida resulta em alterações metabólicas, fisiológicas e emocionais importantes para elas e que devem ser acompanhadas de perto por um profissional especialista em saúde feminina.

Para o homem, a situação análoga seria a andropausa, manifestada por alguns pacientes do sexo masculino. Ela resulta em alterações hormonais que podem ter resultados inesperados na rotina e saúde desse paciente. A andropausa pode ser tranquilamente diagnosticada e tratada com o suporte de um médico urologista.

4. Temer a visita médica é um dos hábitos masculinos mais graves

Temer a visita a qualquer médico é, provavelmente, um dos hábitos mais graves do sexo masculino. Esse medo de se consultar com um profissional não tem relação somente com o urologista, mas sim com a grande maioria dos especialistas em saúde. Isso acontece porque, como discutimos acima, o homem não gosta de se mostrar frágil em relação a determinada situação de saúde e, no intuito de não ter que se fraquejar em frente a um diagnóstico, ele opta por não se expor ao especialista em saúde.

Esse hábito é um risco para a saúde do paciente, visto que doenças que poderiam ser diagnosticadas precocemente e solucionadas, podem aparecer mais para a frente já avançadas e prejudicando significativamente a qualidade de vida do mesmo.

Você tem o hábito de visitar um médico urologista? Depois de conferir essas razões, acredita que vai mudar de ideia sobre elas? Compartilhe conosco sua opinião sobre o assunto!

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×