Como escolher um médico andrologista para cuidar de problemas e disfunções sexuais?

0
28 Flares Twitter 0 Facebook 28 28 Flares ×

O médico andrologista é responsável por cuidar da saúde do sistema reprodutivo masculino, mais especificamente, suas funções sexuais e reprodutoras. Assim como as mulheres têm o médico ginecologista, os homens têm o andrologista.

Ao longo da vida, é normal que as mulheres realizem exames de rotina para saber se tudo está bem com a saúde de seu sistema reprodutor. Porém, os homens não estão habituados a isso e acabam procurando o andrologista só na hora em que começam a apresentar sintomas de algumas doenças ou disfunções.

Se todos os homens tivessem consciência de como a prevenção é importante, eles fariam uma visita ao andrologista bem antes de apresentarem qualquer anomalia.

Mas, na hora de escolher um profissional as dúvidas começam a surgir. Muitos homens criam um preconceito em torno do andrologista e acabam adiando a data da consulta. Escolher um bom profissional é o primeiro passo para que a consulta não seja um pesadelo.

Mas, como se certificar de que aquele médico é realmente o mais adequado para cuidar da minha saúde? Essa dúvida é a mais comum entre os pacientes de qualquer especialidade. Por isso, reunimos aqui algumas características que podem ajudar o paciente na hora de escolher um bom profissional.

Peça indicações de andrologista

Geralmente, o clínico geral já tem uma gama de nomes de andrologistas para indicar. Se não for o caso, inicie uma busca com amigos e parentes. É comum que muitos já tenham um andrologista de confiança e possam passar o contato.

Se ainda assim, os nomes indicados não inspiram confiança, faça uma busca na internet. Através dos sites de busca é possível encontrar um bom profissional ou uma boa clínica mais próxima à você. É comum que essas clínicas ou profissionais tenham sites que auxiliem o paciente na hora da tomada de decisão.

Busque referências

Procure informações sobre o andrologista. Hoje é muito fácil encontrar informações sobre formação, casos tratados, comentários sobre sua conduta e outros registros na internet. Certifique-se que ele possui o registro para exercer a profissão e que não há nada que o desabone como profissional.

Se sua consulta for acontecer em uma clínica de andrologia, busque informações sobre o local, os profissionais que atendem ali e como quais atendimentos a clínica realiza.

Se possível, leia depoimentos de pacientes que já fizeram algum tratamento no estabelecimento e leve em conta a avaliação dada ao local.  

Compareça à consulta

Depois de ter escolhido o andrologista e agendado o atendimento, chega a hora da consulta. Relaxe. Não pense em desmarcar e encare a consulta como um procedimento comum. Não alimente pensamentos preconceituosos ou negativos.

A conversa com o profissional deve ser muito franca, só assim ele poderá avaliar seu quadro por completo e dar o melhor diagnóstico. Não tenha medo ou vergonha de contar particularidades. Quanto mais o médico souber sobre seus hábitos, melhor ele poderá avaliar e indicar um tratamento.

Por sua vez, o andrologista deve tratar o paciente com respeito e explicar muito bem tudo o que for perguntado. Não saia da consulta com dúvidas.

Se sua intenção é iniciar a prevenção de doenças, visite um andrologista e também leia nosso e-book para uma série de dicas sobre como ter uma vida mais saudável. Em “Tudo o que você precisa saber para ter mais qualidade de vida” você encontra respostas sobre como se prevenir de diversas doenças.

Você já consultou um andrologista? Conte para nós como escolheu seu médico.

 

Compartilhe

Sobre o Autor